Modo de Ver

HOME   /   MODO DE VER   /   TAG   /   LIBERDADE DE EXPRESSÃO

A coluna "Modo de Ver" foi publicada semanalmente no jornal Correio de Uberlândia de janeiro de 1996 a dezembro de 2016. A partir de 2017, os textos passaram a ser publicados no Diário do Comércio de Uberlândia.

4 Comentários  
148 Visualizações  
28 de Setembro de 2016 Alexandre Henry

O polemista

Polêmica, pela definição do dicionário, é uma "discussão em torno de questão que suscita muitas divergências". Polemista, por sua vez, é quem trava polêmicas. Feita essa pequena introdução, vamos ao que interessa.

Escrevo neste CORREIO semanalmente há quase 21 anos. Se tem algo que eu sempre evitei foi conquistar leitores com base exclusivamente na criação de polêmicas. Claro, não fujo ...

Ler texto

4 Comentários  
188 Visualizações  
8 de Junho de 2016 Alexandre Henry

O mundo está chato

O mundo está chato, muito chato. Começo a sentir saudade da realidade que me cercava há pouco mais de duas décadas, o que não é algo muito usual para mim, cujo olhar sempre foi voltado para o amanhã. Minha saudade não é tanto da segurança que a gente tinha nas ruas, a vida desplugada, os papos na esquina, a energia ...

Ler texto

4 Comentários  
124 Visualizações  
20 de Abril de 2016 Alexandre Henry

Não teve tiro

Existe uma máxima de que o brasileiro é um povo pacífico, que prefere resolver suas pendências sem violência. Acredito que essa imagem se deva à história do Brasil de participação em poucas guerras e de uma diplomacia que sempre procurou defender o diálogo antes de tudo.

Particularmente, porém, nunca concordei muito com essa ideia de povo pacífico. A razão? Bom ...

Ler texto

4 Comentários  
140 Visualizações  
30 de Março de 2016 Alexandre Henry

As razões de cada um

Estamos em tempo de nervos à flor da pele. Já disse isso aqui mais de uma vez. As discussões na área da política estão ácidas a tal ponto que amizades de longa data têm sido abaladas, mesmo que as discussões em si nada mudem no que está acontecendo em Brasília ou Curitiba. É uma pena. Nenhuma amizade deveria acabar por ...

Ler texto

1 Comentário  
197 Visualizações  
9 de Março de 2016 Alexandre Henry

O limite da discordância

Ainda menino, escutei repetidas vezes, de diversas pessoas, a advertência que não se discutem futebol, política e religião. Nunca me explicaram o motivo, mas entendi ao longo do tempo que a advertência provavelmente era motivada pelo fato de que esses assuntos são tomados por uma embriaguez de sentimentos que obscurece a razão, fazendo com que um interlocutor não consiga convencer ...

Ler texto

4 Comentários  
122 Visualizações  
18 de Novembro de 2015 Alexandre Henry

A ilusão da rede

Foi chato e continua sendo muito chato. Você abre o Facebook e só encontra discussões estéreis sobre qual tragédia se deve apoiar, a francesa ou a mineira. Aliás, não são apenas discussões, mas também inúmeras postagens com apelos para as consequências do horror que vimos em ambos os lugares. Nada de novo, pois sempre que algo dessa magnitude acontece, instantaneamente ...

Ler texto

4 Comentários  
114 Visualizações  
15 de Abril de 2015 Alexandre Henry

Ed Motta abriu a boca de novo...

Em 2011, pouco antes de me mudar de Porto Velho para Uberlândia, fui a um espetáculo de "stand up comedy" na capital rondoniense. Imagine um formato americano sendo imitado por artistas locais numa capital do norte brasileiro, cuja população do nosso país nem sabe se fica em Rondônia ou Roraima? Parece uma tragédia, não? Puro preconceito. Foi um dos melhores ...

Ler texto

4 Comentários  
266 Visualizações  
21 de Janeiro de 2015 Alexandre Henry

O tal do bom senso

Você tem direito de andar livremente pela cidade sem que ninguém o agrida. Além disso, o estado tem o dever de te proteger contra agressões indevidas, seja ao seu corpo ou ao seus bens. Isso vale inclusive para o caso de você decidir cruzar a cidade toda noite a pé, sozinho, cheio de joias penduradas e contando dinheiro. É direito ...

Ler texto

4 Comentários  
114 Visualizações  
14 de Janeiro de 2015 Alexandre Henry

A liberdade que me toca

O atentado ao Charlie Hebdo provocou diversas reflexões sobre liberdade de expressão e sobre o que é certo ou errado. Duas delas me chamaram a atenção. A primeira debateu a hipocrisia: por que defendemos o direito a uma charge zombando de valores muçulmanos, mas achamos absurda uma piada sobre negros ou gays?

Eu estava tendente a realmente enxergar hipocrisia nesse ...

Ler texto