Modo de Ver

HOME   /   MODO DE VER   /   PERSONAL TUDO

A coluna "Modo de Ver" foi publicada semanalmente no jornal Correio de Uberlândia de janeiro de 1996 a dezembro de 2016. A partir de 2017, os textos passaram a ser publicados no Diário do Comércio de Uberlândia.


4 Comentários  
420 Visualizações  
17 de Fevereiro de 2016 Alexandre Henry

Personal Tudo

Eu cresci ouvindo rock, especialmente aquele dos anos 1980, fortemente influenciado pelo punk e seu lema DIY - Do It Yourself, o famoso "faça-você-mesmo". Não sei a que ponto a música me influenciou, só sei que fui construindo o que eu sou muito na base do faça-você-mesmo, sem precisar ou esperar que alguém pegasse na minha mão e me mostrasse o caminho. Claro, nunca fui de ignorar as opiniões de especialistas, mas a busca pela estrada a seguir e a própria caminhada por ela sempre ficaram a meu cargo, sem delegar nada para ninguém. Dos estudos às viagens, quase sempre o DIY é meu jeito de enfrentar o que vem pela frente.

Acho que muita gente da minha geração é assim. Mas, o que vejo hoje é um movimento oposto ao faça-você-mesmo: estamos na era do personal, de ter alguém que pega na sua mão e te conduz pelo caminho, até te empurrando se for preciso. Tem personal para academia, coaching (é a mesma coisa) para estudos, guias individualizados para tardes de compras (personal shopper), consultores exclusivos para viagens (personal travel) e por aí vai. De vez em quando, fico horrorizado com as novidades que vejo. A sensação que tenho é a de uma geração que não saiu da infância, que replica o tempo em que papai e mamãe pegavam na mão e conduziam pelos caminhos mais simples. O que é isso? Cadê a capacidade de cada um de aprender as coisas por si mesmo, de enfrentar o mundo com garra, de aprender uma nova atividade por meio de livros, vídeos e qualquer outra coisa que não seja uma pessoa ao lado dizendo como você deve colocar seu pé no chão?

Não condeno o trabalho do personal em si. Conheço uma pessoa que nunca foi adepta a atividades físicas, por mais que tentasse. Somente deslanchou quando contratou um personal que está ao lado dela todos os minutos na academia. Vale demais. Há casos também em que algo novo é muito difícil de ser aprendido de forma solitária e o auxílio de um profissional, ainda mais de maneira individualizada, rende excelentes e rápidos frutos. Em resumo, o personal, seja para o que for, costuma fazer um trabalho fantástico e que deve ser valorizado. Não é esse o ponto que eu levanto. O que eu não admiro é a cultura que se generalizou no sentido de, primeiro, buscar alguém que te carregue pelas mãos, antes mesmo de tentar o caminho por si mesmo.

O faça-você-mesmo sempre deve ser a primeira opção, seja porque a maioria das coisas realmente não depende de uma pessoa para te conduzir, seja porque o sabor da vitória conseguida com o próprio suor é muito melhor. Concluindo, contrate um personal sim, seja lá para o que for, mas primeiro tente fazer por conta própria. Afinal de contas, você tem uma mente e um corpo para isso.

Alexandre Henry

Avalie o texto:

Comentários

  1. D9UiqptLID

    23 de Dezembro de 2016 às 04:19

    Jeder kann in Twitter Listen anlegen und zu Rostock gibt es auch schon mehrere. Man sollte allerdings die Groß- und Kleinschreibung beim beachten, denn die beeinflussen doch die Ergebnisse erheblich. Eine Tweetwall zum Hashtag Rostock oder mit allen Rostocker Twitterern gibt es noch nicht offiziell. Allerdings sind vor dem Start noch einiger administrative und orrisasatoginche Aspekte zu klären.

  2. RDNNATt1E

    24 de Dezembro de 2016 às 10:59

    An <a href="http://afrcoev.com">inleglitent</a> point of view, well expressed! Thanks!

  3. KF8kGeueJ

    25 de Dezembro de 2016 às 17:25

    Your article pelecftry shows what I needed to know, thanks! http://tvorsu.com [url=http://kmxxidko.com]kmxxidko[/url] [link=http://zeyctu.com]zeyctu[/link]

  4. XFOymzA6

    27 de Dezembro de 2016 às 01:41

    Of the panoply of website I've pored over this has the most <a href="http://phbmtnmcd.com">vetrciay.</a>

Envie seu comentário

Seu email não será exibido.*