Modo de Ver

HOME   /   MODO DE VER   /   BOM SENSO VIRTUAL

A coluna "Modo de Ver" foi publicada semanalmente no jornal Correio de Uberlândia de janeiro de 1996 a dezembro de 2016. A partir de 2017, os textos passaram a ser publicados no Diário do Comércio de Uberlândia.


4 Comentários  
397 Visualizações  
3 de Agosto de 2016 Alexandre Henry

Bom senso virtual

Há certas atitudes em redes sociais que não considero bacanas. Aliás, acho uma tremenda falta de educação. Uma delas é marcar uma pessoa em uma publicação, a menos que seja alguém muito próximo e que você saiba que a pessoa vai adorar o que você postou. Fora isso, parece um jeito deselegante de obrigar a outra pessoa a ler o que você quer ou de dar publicidade, na linha do tempo dela, a algo que provavelmente a pessoa não daria publicidade não fosse essa marcação.

Outra coisa chata é incluir alguém em um grupo, seja do Facebook ou do Messenger, sem pedir permissão a essa pessoa. Acho horrível. Quem faz isso te obriga a receber mensagens ou postagens que você pode não querer. Você quer fazer parte do grupo "Viva Hitler e os neonazistas"? Nem eu. E eu também não quero fazer parte de grupos que não tenham nada a ver comigo. Deixe-me escolher livremente do que quero participar. O mesmo vale para grupos do WhatsApp: a menos que seja seu irmão, cônjuge, pai etc. e o grupo seja de um círculo muito pequeno e íntimo, nunca inclua outra pessoa sem a permissão dela. Também é falta de bom senso publicar postagens comerciais nas páginas de outras pessoas. Quer fazer propaganda? Faça uma página no Facebook e impulsione seus anúncios, mas não saia publicando na linha do tempo de outras pessoas, utilizando essas pessoas como instrumentos para seus comerciais. Falando em Facebook, não crie um perfil em nome de uma empresa ou negócio: para isso, existem as páginas específicas. Eu até posso curtir a página de uma empresa, mas não quero ser "amigo" dessa empresa. Sou amigo de seres humanos, não de pessoas jurídicas. Mais uma: não compartilhe em sua linha do tempo publicações de cunho pessoal de outra pessoa. Seu amigo publicou uma foto com a esposa durante uma viagem? Então curta a foto, mas não compartilhe. Compartilhar é o mesmo que um amigo te mostrar pessoalmente uma foto dele, você tirar uma cópia e distribuir para todos os seus conhecidos. Também não mande mensagens fora de hora. Hoje, quase todo mundo tem um smartphone e, a menos que a pessoa configure seu aparelho para não receber notificações, qualquer mensagem do WhatsApp ou Messenger vai apitar na cabeça do destinatário assim que for enviada. Você liga para alguém durante a madrugada, a não ser que seja uma emergência? Acredito que não. Então, não mande mensagens fora de hora.

Posso até parecer chato com essas minhas observações, mas mais chato ainda é quem não tem o mínimo de bom senso para perceber que a boa educação também deve existir no mundo virtual.

Alexandre Henry

Avalie o texto:

Comentários

  1. sKF3JYlhv4d

    22 de Dezembro de 2016 às 23:32

    If you're looking to buy these arilctes make it way easier.

  2. j0CSkSjy

    24 de Dezembro de 2016 às 10:46

    Action requires <a href="http://dyxsax.com">knwedolge,</a> and now I can act!

  3. JeH4Mr1KQv

    25 de Dezembro de 2016 às 17:14

    You have shed a ray of suinsnhe into the forum. Thanks! http://bajrivbp.com [url=http://tjzlpnc.com]tjzlpnc[/url] [link=http://bjkrxyq.com]bjkrxyq[/link]

  4. npBNrsbnd4Cc

    25 de Dezembro de 2016 às 23:36

    I guess finding useful, reliable <a href="http://jotpfkm.com">inmiofatron</a> on the internet isn't hopeless after all.

Envie seu comentário

Seu email não será exibido.*